Pular para o conteúdo principal

CERÁ O FIN DO MUNDU?


Recebo uma foto de Ricardo Stuckert/PR como sinal de que o fim do mundo está próximo. Será verdade? Lula foi à  Acadêmia Brasileira de Letras. Sim, nosso popular Luiz Inácio, que está presidente do Brasil, foi ao parlamento da ABL para promulgar o Acordo Ortográfico dos Países de Língua Portuguesa. Veja a matéria do Portal da Imprensa. Como me diziam na mensagem "Machado de Assis e outros acadêmicos devem estar dando voltas nos seus túmulos. Enfim, 'nóis meresse'...". E os outros na platéia? Espectadores passivos do improvisador compulsivo sempre carregado de dialetos pessoais que, cada vez mais, menos se parecem com nossa língua portuguesa. O povo de Garanhuns/PE deve lamentar a perda de oportunidade em formar o jovem Luiz Inácio na infância. Afinal, é filho de uma mãe que nasceu analfabeta. Bom, a minha também foi e a de todo mundo também.É por essas e outras que percebo que sua popularidade cresce a cada dia impulsionada por fatores externos aos que costumeiramente são divulgados na grande mídia. O povo se vê em Lula e tem pena de si mesmo. Por isso ele mereceria estar lá.Entendo que o seu discurso padrão de sindicalista oposicionista será adormecido para que o Brasil dê a oportunidade de uma nova proposta de trabalho. O sucesso do governo Lula está atrelado exatamente nas coisas em que ele não consegue atrapalhar.Enquanto não termina, aproveitemos. Vamos traduzindo isso em charges de nossa própria realidade.



Charges coletadas do Questão de Opinião

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

OS 7 PASSOS PARA UMA REUNIÃO PRODUTIVA

Compartilho com colegas de trabalho, alunos e familiares as mesmas dificuldades em tornar as reuniões profissionais, pessoais e acadêmicas mais produtivas. Ocorre quase sempre que falta um ar de satisfação coletivo, rastros infinitos de que o encontro não passou de perda de tempo e que apareceram mais problemas do que propostas de solução. Foi pensando em conquistar a sensação que o trabalho realizado na reunião produziu os frutos desejados que aceitei o desafio em propor um modelo que tornasse este glorioso momento em algo positivo. Extrair visão de aprendizado para apoiar a continuidade dos serviços e o que mais possamos tratar durante o evento. O roteiro propõe os seguintes passos: 1. Divulgação prévia da pauta; 2. Preparação para a reunião; 3. Executar o que foi planejado pela ordem; 4. Validar as resoluções item por item durante a reunião; 5. Finalizar a reunião no horário acordado; 6. Assinar a ata durante a reunião e; 7. Agradecer as colaborações aos participantes.

RESTRIÇÃO TRIPLA É SÓ PARA COMEÇAR

Qualquer coisa que resolvemos fazer na vida com razoável controle na avaliação do sucesso da ação estará de alguma forma ligado a uma definição de entregáveis, um espaço de tempo para realização e uma determinada quantidade de dinheiro para o investimento. Daí derivam-se Escopo, Tempo e Custo, conhecidas como restrição tripla na gerência de projetos. Esse conceito é fortemente difundido pelo PMI, organização que mantém um acervo de técnicas para gerenciamento. A tradicional restrição tripla tem sido amplamente divulgada também considerando as necessidades da qualidade. Afinal, a conformidade entre o planejamento e a execução forneceria ótimos parâmetros para registro se o trabalho aconteceu de forma correta. Após observar o nível da importância da qualidade nesse contexto podemos refletir sobre se é este o final da discussão. Muita gente boa já considera que não, pois é bem possível que mesmo que haja alta conformidade na realização o cliente não fique satisfeito. Se nos limi

UMA TRANSIÇÃO PLANETÁRIA

Até mesmo uma simples flor perdida Em um jardim qualquer abandonado Vai ter um quê especial e encantado Por semear a essência para nova vida É um jogo de chegadas e partidas Um inseto, um pássaro ou o vento São ferramentas desse divino movimento  Quase nunca lembradas ou conhecidas De fato a flor nos ensina por essência Que a vida surge em ato de paciência  E uma colaboração mútua e voluntária  Em cada esquina um novo broto belo E seus botões rosa, branco ou amarelo Numa permanente transição planetária